Comunidade

No Mattos Filho, a responsabilidade social corporativa é entendida como um compromisso com as pessoas, com a sociedade e com o meio ambiente. Por essa razão, apoiamos projetos alinhados aos valores que pautam nossa cultura e posicionamento estratégico, e que tenham um impacto social importante na construção de uma sociedade mais justa e com mais oportunidades. As ações estão divididas em algumas frentes de trabalho: pro bono, projetos incentivados, voluntariado e compromisso com o Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU).

O mais tradicional deles, o trabalho pro bono pode ser definido como prestação gratuita de serviços jurídicos, oferecendo assistência a quem dela necessitar. O Mattos Filho é pioneiro nessa prática no Brasil e, no ano passado, completou 15 anos de advocacia pro bono. O programa promove impactos importantes entre as instituições parceiras, além de integrar a rotina dos advogados do escritório. Desde 2002, somos parceiros do Instituto Pro Bono (IPB), que seleciona entidades idôneas aos escritórios de advocacia cadastrados.

Ainda que sejam doadas aos nossos clientes, as horas pro bono debitadas pelos profissionais do escritório são remuneradas, reforçando o engajamento à causa. Em 2014, os voluntários dedicaram cerca de 3.800 horas de trabalho e, com isso, mais de 70 instituições foram beneficiadas. Pela terceira vez, o Mattos Filho foi classificado como Pro Bono Leading Light pela publicação britânica Latin Lawyer e, em 2014, foi um dos destaques brasileiros no TrustLaw Index of Pro bono, realizado pela primeira vez pela Thomson Reuters Foundation.

O Mattos Filho é responsável pelo apoio a um leque de iniciativas sociais e culturais. Parte dessas ações deriva do incentivo financeiro direto do escritório, que destina aos projetos parcela dos tributos que pagaria, como IRPJ, PIS, Cofins e INSS. Essas ações são viabilizadas por meio de ferramentas jurídicas, como as leis de incentivo à cultura (Rouanet) e ao esporte (LIE), além dos Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fumcad) e do Idoso (FMI), entre outras. Em 2014, o Mattos Filho recolheu cerca de 92,5 milhões de reais em tributos e 1,5 milhão foi destinado aos projetos incentivados.

Como apoiador cultural, em abril passado, sócios do Mattos Filho receberam clientes e convidados para um coquetel especial e visita exclusiva à exposição dedicada ao astro pop inglês David Bowie, organizada pelo Victoria and Albert Museum de Londres, no Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS). Outro projeto incentivado foi o documentário Sem Pena, vencedor do prêmio de júri popular do Festival de Cinema de Brasília. Tendo o direito de defesa como pano de fundo, o filme discute os conflitos decorrentes do processo penal na vida familiar e social de pessoas acusadas de crimes.

Entre outras iniciativas incentivadas por meio da Lei Rouanet, o escritório é parceiro do projeto cultural Fronteiras do Pensamento e, também, Doutores da Alegria. Por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, o escritório oferece suporte ao projeto Nadando com Daniel Dias, da Associação Desportiva para Deficientes (ADD). O atleta é nadador paraolímpico brasileiro e recordista mundial, grande aposta para as Olimpíadas de 2016. A partir de 2014, passaram a ser objeto de apoio outras entidades de relevância social: Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (Graacc), Hospital Pequeno Príncipe e Hospital do Câncer de Barretos, este último beneficiado por meio do Fundo do Idoso (FMI).

Integrando as ações do programa Mattos Filho Solidário, formado por profissionais voluntários das áreas técnica e administrativa dedicados a temas de responsabilidade social e ambiental, destaca-se o apoio ao Centro Social São José (CSSJ), localizado na zona sul de São Paulo. São promovidas palestras, aos pais e responsáveis, destinadas a promover o exercício da cidadania e o acesso aos direitos fundamentais. Além disso, são realizados diversos eventos comemorativos com as 380 crianças atendidas, como as festas de Páscoa, Dia das Crianças, Natal, entre outros. Em Brasília, o escritório apoia outro cliente pro bono, a Casa do Candango – Lar São José, que oferece abrigo e acompanhamento médico a aproximadamente 50 idosos.

Ainda na agenda anual do programa está a Semana do Voluntariado, que chegou à quarta edição em 2014. Além de palestras sobre temas como advocacia pro bono, com videoconferência para Rio de Janeiro e Brasília, foi promovida sessão de pré-lançamento do já citado documentário Sem Pena. Na ocasião, recebemos convidados do Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD), nosso cliente pro bono. Nesse período, também foi reeditada a cartilha sobre voto consciente, posteriormente distribuída ao CSSJ e à Escola Estadual Maria José, também em São Paulo. Na Semana do Meio Ambiente, por sua vez, o Mattos Filho organizou palestras sobre sustentabilidade e tour pela Bela Vista, região paulistana em que está inserido.

Em outra frente social, o Mattos Filho foi um dos primeiros escritórios de advocacia do Brasil a tornar-se membro signatário do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), em 2008. Ao aderir ao programa, o escritório demonstra sua dedicação nas áreas dos direitos humanos e do trabalho, proteção ambiental e combate à corrupção. O escritório participa, ao lado de grandes instituições, do grupo de trabalho de Direitos Humanos e Empresas do Pacto Global, atuando em discussões relacionadas ao tema em época de globalização e multinacionalização das companhias.

 

Nossas redes sociais

Ao acompanhar o comportamento no universo digital de seus clientes, parceiros e outros públicos de relacionamento, o Mattos Filho se antecipou a essa demanda de interatividade e, de forma pioneira, lançou suas páginas oficiais no Facebook, LinkedIn e Twitter. No final de 2014, o escritório contava com 11.411 seguidores no LinkedIn, 3.430 no Facebook e 797 no Twitter. Essa presença dinâmica nas redes sociais reflete nossa premissa de nos reinventarmos, sempre, com criatividade.

Confira abaixo alguns de nossos posts institucionais e a audiência correspondente.

  • Lançamento do livro Sinopse Tributária
    + 20 mil pessoas alcançadas no total
  • Iniciativa sustentável: utilização de canecas em vez de copos plásticos
    + 16 mil pessoas alcançadas no total
  • Efetivação de 92% dos estagiários em 2014
    + 10 mil pessoas alcançadas no total